Em tempos de pandemia, devo ir ao dentista?

Desde março do ano passado, as autoridades da Saúde vem alertando sobre a importância do distanciamento social, além da forte recomendação para todos ficarem em casa. E falando em prevenção e controle da saúde bucal, como fica o retorno ao dentista?

Para o Dr. Sávio Moreira, depende de cada pessoa. “Aqueles pacientes com histórico recorrente de tártaro e doenças bucais, como gengivite e cárie, por exemplo, não podem se ausentar do controle periódico e devem voltar ao dentista para fazer uma investigação e o tratamento, se necessário. Já os pacientes com menor predisposição de problemas bucais, podem aguardar a diminuição do nível de contágio da Covid-19, como a bandeira amarela por exemplo”, pondera.

Dr. Sávio ainda ressalta que, qualquer adiamento na rotina de visitas ao consultório, deve ser combinada com o dentista. Nenhum indício de problemas deve ser negligenciado. “Se apresentar algum sinal ou sintoma que possa indicar alguma doença bucal devemos procurar um dentista e também devemos intensificar a higiene através da correta escovação e uso do fio dental”, complementa.

Via de regra, todos os pacientes devem fazer um acompanhamento preventivo a cada seis meses. Porque a prevenção é a melhor forma de garantir a saúde bucal.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Close Bitnami banner
Bitnami